sexta-feira, 16 de junho de 2017

FRANCESINHA MACROBIÓTICA







Heresia suprema – ter cozinhado uma francesinha vegetariana na mui nobre, sempre leal e invicta cidade do Porto, berço das afamadas (para mim infames…) francesinhas.

A receita, aprendida há alguns anos no Curso Anual de Culinária Macrobiótica, com a Geninha Varatojo, só agora foi testada, tendo sido aprovada pelos demais comensais.

Para mim, é uma receita que só farei muito excepcionalmente, em jantares mais festivos, pois é um pouco pesada.

Ingredientes

Pão de forma integral fatiado

Tofu fomuado fatiado

Cebolas em meias luas (qb)

Abóbora ralada (qb)

2 dentes de alho

Bebida de soja

Azeite, limão, mostarda, vinagre de ameixa, vinagre de arroz, molho de soja, sal, manjericão, orégãos.


Preparação

Levar a cebola ao lume num tacho largo, com um fio de azeite, dois dentes de alho e pitada de sal; quando a cebola estiver transparente, acrescentar a abóbora ralada, adicionar pitada de sal. Deixar estufar até os vegetais ficarem bem cozidos, macios e sem molho. Verificar o tempero e adicionai vinagre de arroz/ameixa a gosto, pitada de molho de soja.


Num recipiente alto e estreito, colocar uma medida de bebida de soja e uma medida de azeite, mostarda, um pouco de sumo de limão, sal, vinagre de arroz, umas folas de manjericão fresco. Bater com a varinha mágica até a mistura ganhar uma consistência de maionese, o que no caso concreto foi conseguido adicionando mais azeite, à medida que se ia batendo com a varinha. Verificar e, se necessário, rectificar os temperos.


Num recipiente que possa ir ao forno, colocar as fatias de pão de forma e regar bem com bebida de soja. Colocar em cima das fatias de pão as seguintes camadas: vegetais estufados, fatia de tofu, fatia de pão, fatia de tofu. Cobrir com a maionese, que pode ser salpicada com molho de soja. Vai ao forno entre 20  a 30 minutos (até a cobertura ficar dourada).


Polvilhar com manjericão picado e servir com uma enorme salada.


Depois do jantar é recomendável andar uns quilómetros, lavar a louça toda e ainda aproveitar para fazer uma limpeza à casa, para garantir que a digestão se faz antes de entrar nos braços de Morfeu (sob pena de o Morfeu não chegar de todo…)

Sem comentários:

Enviar um comentário